Esse é o nosso canal de comunicação. Contatos : paulocardozo@paulocardozo.com.br

www.paulocardozo.com.br

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Nova subida da serra de Petrópolis

Ilmos.Srs,

Analisando com calma o vídeo onde é apresentado o projeto para a nova pista de subida da serra de Petrópolis, surgiram algumas dúvidas.

1) O morador de Petrópolis que é o mais extorquido pela tarifa, vai ter que se deslocar até o Duarte para então retornar, sendo seu destino a rodoviária, Bingen ou o Quitandinha. A ligação Bingen-Quitandinha, será feita revertando uma das mãos do túnel? Antes não podia, agora pode?
2) A imprensa noticiou que a Concer afirmou que não irá remover as famílias da entrada do Duarte da Silveira. No vídeo, todas as residências são removidas, inclusive pela necessidade do traçado da obra. Mais uma mentira assinada pela ANTT?
3) Quando ocorrer um acidente, acredito que a pista de descida poderá ser reversível. Existe planejamento para isso? Ou vamos continuar parado por horas até que o problema seja solucionado?
4) Se houver um acidente dentro do túnel com um caminhão de combustível, já tivemos pelo menos tres nos últimos dois anos. O que esta planejado? Lembrando que estaremos em declive, local fechado e com uma grande concentração de veículos.
5) Como será o tráfego de carretas com excesso de lateral? Não será possível ultrapassá-las dentro do túnel.
6) Durante anos a Concer cobrou uma tarifa abusiva, sem a contrapartida, nos próximos tres anos, se alguém acredita em Papai-Noel, teremos uma série de transtornos devido a obra. Teremos que pagar pedágio para ter problemas? Existe planejamento para fluir o tráfego no trecho que sofrerá alterações?
7) Em caso de avaria, acidente ou crime, como será feita a comunicação? Com certeza ali embaixo não teremos sinal de celular.

Atenciosamente.

Paulo Cardozo - Cidadão
"Quem faz Petrópolis somos nós"

4 comentários:

  1. Agência Nacional de Transportes Terrestres - Ouvidoria


    --------------------------------------------------------------------------------

    Prezado(a) Senhor(a) Paulo Cardozo,

    Informamos que sua mensagem foi cadastrada com sucesso.

    Número de protocolo de atendimento: 167374

    Senha: 318924

    Esclarecemos que, informando esse protocolo e sua respectiva senha, V. Sª. poderá consultar o andamento de sua manifestação ligando para 0800-610300.

    Agradecemos o contato.

    Atenciosamente,

    Ouvidoria da ANTT

    ResponderExcluir
  2. Duque de Caxias, 11 de Novembro de 2010.


    OUV-EM - 2003/10.


    Ao Sr. Paulo Cardozo.


    Referência: Cód.: 60962.


    Assunto: Solicitação de Informações.


    Prezado Senhor,


    Em atenção ao seu registro, informamos que o Projeto da Nova Subida da Ser-ra não implicará em aumento do tempo de deslocamento para acessar a cidade de Pe-trópolis. Informamos ainda que com o novo trajeto, seu tempo de viagem será menor, visto que o traçado resultará em um trajeto com a mesma distancia mas com uma ve-locidade diretriz maior, garantindo mais rapidez, qualidade e conforto na sua viagem. Com relação aos transtornos do período de obras, destacamos que a atual pista de su-bida não sofrerá intervenções durante as obras, pois o novo trecho será construído pa-ralelo à pista de descida. Para esta, todo o planejamento que está sendo desenvolvido, visa a mitigar possíveis impactos no tráfego dos usuários como desvios ou interdições. Cabe ressaltar que todos estes eventos serão amplamente divulgados no período de execução das obras.


    Atenciosamente,

    Ouvidoria Concer

    ResponderExcluir
  3. Duque de Caxias, 12 de Novembro de 2010.


    OUV-EM - 2004/10.


    Ao Sr. Paulo Cardozo.


    Referência: Cód.: 61726.


    Assunto: Solicitação de Informações.


    Prezado Senhor,


    Em atenção ao seu novo registro, informamos que o túnel do Quitandinha, a-pós a conclusão das obras da Nova Subida da Serra, poderá operar em mão-dupla, pois a disponibilização da nova pista tem o intuito de absorver o tráfego rodoviário pesado e de longa distância do atual trecho, permitindo assim que seja viável a sua utilização para o tráfego urbano de deslocamento das comunidades locais. Com isto as condições de segurança para a operação em mão-dupla estarão ampliadas, o que per-mitirá atender a esta demanda da população Petropolitana.
    Com relação a Duarte de Silveira, nesta comunidade não haverá qualquer tipo de remoção. O vídeo ao qual V.Sa. teve acesso não foi divulgado oficialmente pela Concer, sendo certo que, após estudos mais detalhados, houve uma mudança no proje-to, a qual foi divulgada pela imprensa local, onde não estão mais previstas interferên-cia na comunidade em questão. Anexo a este e-mail, encaminhamos um mapa com a demonstração do traçado do projeto.
    Para a execução do túnel previsto neste projeto, foram consideradas todas as questões de segurança necessárias. Este túnel será dotado de uma galeria de interliga-ção com as pistas de descida, a qual permitirá um rápido acesso alternativo em casos de interdição, bem como maior facilidade de acessso ao interior do túnel pelas equipes de socorro. A mobilização das equipes operacionais poderá ser realizada de forma rá-pida, pois este estará sendo monitorado por câmeras 24h por dia permitindo assim a identificação imediata de qualquer ocorrência em seu interior. Também estão planeja-das para o restante do trecho de projeto, possíveis ações de reversão de pista, para tan-to, serão estrategicamente posicionadas abertura de barreiras divisórias de pistas pro-porcionando ações operacionais rápidas, garantindo a eficácia deste tipo de operação.
    Em casos de acidentes com veículos de cargas perigosas, no interior do túnel, várias medidas mitigadoras estão sendo consideradas e inseridas no projeto. O túnel contará com um sistema de captação de líquidos independente do sistema de drena-gem, garantido assim que não haja contaminação dos cursos d’agua e permitindo o recolhimento e descarte adequado do material derramado. Também está projetado um sistema de ventilação apropriado para a o local garantindo a exaustão dos gases do interior do túnel. Além disto, com o auxilio dos sistemas de monitoração implantados será possível a rápida intervenção do Centro de Controle Operacional para que este tipo de acidente não cause impactos na trafegabilidade e segurança dos usuários.
    Ainda em relação ao túnel, veículos de carga com excessos laterais, dentro dos parâmetros legais para o livre transito, poderão trafegar pelo túnel sem restrições, uma vez que a largura projetada permitirá a ultrapassagem sem maiores transtornos. No entanto, as cargas especiais, terão seu deslocamento planejado em horários determina-dos, o qual deve ocorrer em momentos de menor fluxo, como acontece atualmente nas operações de subidas de cargas especiais na Serra.
    Esclarecendo as questões de comunicação no interior do túnel, informamos que as companhias de telefonia celular já dispõem de tecnologias que atendem a este tipo de necessidade, as quais são utilizadas em alguns túneis na cidade do Rio de Janeiro ( Linha Amarela, Rebouças, Joá etc..). Portanto, este assunto será matéria de tratativas com as empresas de telefonia móvel visando a identificar a melhor solução para o lo-cal.
    Certos de termos esclarecido todas as dúvidas nos colocamos à disposição.

    Atenciosamente,
    Ouvidoria Concer

    ResponderExcluir
  4. Agência Nacional de Transportes Terrestres - Ouvidoria


    --------------------------------------------------------------------------------


    Prezado Senhor Paulo Cardozo,



    Em atenção a manifestação de V. Sª., temos a informar o seguinte:



    O projeto executivo para implantação na nova Subida da Serra está em análise nesta GEINV.



    Ainda, informamos que, a princípio, não identificamos no projeto proposto remoções em Duarte Silveira.



    No que se refere ao túnel, comunicamos que serão consideradas na análise todas as questões pertinentes à segurança, operação e monitoração.



    Permanecemos à disposição.



    Atenciosamente,





    --------------------------------------------------------------------------------

    Este é um e-mail automático. Por favor, não responda.

    Para entrar em contato, utilize o serviço Fale Conosco localizado no portal da Agência Nacional de Transportes Terrestres: www.antt.gov.br.



    Ouvidoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres
    Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco C, 1º andar
    70040-020 - Brasília/DF - Tel.: 0800 610 300
    www.antt.gov.br

    ResponderExcluir